06/10/15

Google lança correção de bug que afeta mais de um bilhão de dispositivos Android




Na semana passada, pesquisadores alertaram que mais de um bilhão de dispositivos Android estaria vulnerável a um conjunto de erros que permitiriam que hackers assumissem o controle dos aparelhos por meio de um arquivo de áudio ou vídeo malicioso. Este grave erro fez com que o Google se apressasse e lançasse nesta segunda-feira (5) uma atualização de segurança para o sistema.

A atualização corrige 14 vulnerabilidades consideradas pela empresa como críticas no Stagefright. O motor de processamento multimídia, que roda em todos os aparelhos, permitia o acesso de hackers por meio de um arquivo multimídia especialmente desenhado para ser entregue através de um MMS.
Foram solucionados também cinco erros que permitiam a execução remota de código e, assim, o acesso de indivíduos mal intencionados ao aparelho remotamente.
O Google afirma que as operadoras de telefonia e as fabricantes foram comunicadas sobre o problema da elaboração do pacote de atualização no prazo máximo de 10 de setembro. Assim, elas terão a tarefa de disponibilizar a atualização para seus usuários o mais rápido possível, visto que as vulnerabilidades são consideradas graves.

Os aparelhos da linha Nexus devem receber o update ainda mais rápido do que os demais dispositivos, já que as atualização não passa por fabricantes ou operadoras. A Silent Circle, desenvolvedora do Blackphone 2, já enviou uma atualização para seus dispositivos nesta segunda-feira.
O bug no Stagefright levou o Google a repensar sua política de atualização de software, visto que este problema comprometeu todos os aparelhos que utilizam o sistema operacional móvel da empresa. Agora, a empresa prometeu liberar atualizações mensais de correção e pressionar as fabricantes a distribuir mais rapidamente estes pacotes de soluções. Samsung e LG já confirmaram que irão liberar as atualizações no prazo mais curto possível.
Fonte: Google