28/11/14

Black Friday, Procon divulga lista de sites que você deve evitar.


A Black Friday, data em que as lojas costumam vender produtos por valores menores que o normal, acontecerá nesta sexta-feira (28). Para não ser enganado, faça uma pesquisa de preço, para ver se o desconto que está sendo oferecido é verdadeiro, e evite algumas lojas que já causaram problemas no passado. O Procon-SP atualizou sua lista negra, que atualmente conta com 449 lojas não recomendadas.
As 449 lojas tiveram reclamações de consumidores registradas no Procon-SP e não responderam ou não foram encontradas pelo órgão. Em outubro e novembro, 16 lojas foram adicionadas à lista de sites de compra que devem ser evitados no Brasil, incluindo nomes como a Lucunha Store, que fazia campanhas com famosos no Instagram para tentar convencer as pessoas de que a loja entregava os produtos.

A lista completa segue abaixo:
O Procon-SP estará de plantão durante a Black Friday e registrará reclamações no telefone 151 (cidade de São Paulo) e nesta página. Além de tomar os cuidados acima, a recomendação é salvar todas as informações do seu pedido para comprovar a compra. Caso a loja online fique instável ou o preço varie durante a compra, reclame: se a oferta for comprovada, a loja deverá cumpri-la.