02/10/14

Está chegando as eleições e o APP Você Fiscal já está funcionando, garanta seu voto.



O Você Fiscal é um aplicativo para levar mais transparência à votação eletrônica brasileira, colocando nas mãos dos eleitores o poder de fiscalizá-la. Confira o vídeo acima!
Este projeto foi idealizado pelo professor Diego F. Aranha, da UNICAMP, e foi totalmente financiado pela sociedade civil, sem fins lucrativos e sem vinculação a nenhum partido, grupo ou empresa.
A ideia é permitir que a totalização dos votos seja feita de forma independente, detectando se uma urna foi extraviada, trocada ou adulterada após o término da votação. Será possível, também, verificar a existência de algum bug ou fraude no software que roda nos computadores do TSE para somar o resultado final.
Faça o download do aplicativo (gratuito) para o seu celular Android, basta clicar no botão a seguir:
É importante ressaltar que este aplicativo não impede (ou detecta) a existência de um software malicioso dentro da urna antes do termino da votação, mas cria mais um mecanismo de verificação para a etapa posterior a esta, que envolve, especialmente, a transmissão dos votos para o TSE e o somatório final dos resultados.

Outras opções para fiscalizar

O aplicativo Você Fiscal é apenas para Android, mas qualquer pessoa com um celular ou uma câmera digital comum também pode participar da fiscalização.
Confira, no vídeo a seguir, como fiscalizar o Boletim de Urna (B.U.) a partir de qualquer câmera digital e contribuir com a transparência eleitoral!
Depois é só enviar as fotos para o email bu@vocefiscal.org ou pelo site www.vocefiscal.org.

Finalização

No momento em que o TSE realiza a divulgação do vencedor das eleições, ele também divulga uma versão oficial (digital) de cada Boletim de Urna (B.U.), então, os computadores do Você Fiscal poderão fazer uma comparação entre as fotos que você enviou e a versão oficial do TSE.
Caso estas informações não batam, significa que a urna pode ter sido adulterada após o término da eleição, ou que houve alguma fraude ou erro na transmissão dos dados. Então, o Ministério Público poderá ser acionado.

Resumo

Confira a seguir um resumo do processo:
Então, anotem aí na agenda! No dia 5 de outubro, às 17:00, todos com o celular na mão tirando foto dos Boletins de Urna e enviando para a equipe do Você Fiscal!
Quanto mais gente participar, melhor será o resultado! ;-)
Abraços,
Fonte: Otário Anonymous