20/08/14

Você fiscal, professor cria um APP para fiscalizar urnas, projeto quase pronto.


Veja como funciona:

O que é o Você Fiscal?

Você Fiscal é um projeto para desenvolver um aplicativo de celular que vai colocar na sua mão o poder de fiscalizar e dar um pouco mais de transparência às eleições.
A ideia é permitir que a totalização dos votos seja feita de forma independente, detectando se uma urna foi extraviada, trocada ou adulterada após o término da votação. Seria possível, também, verificar a existência de algum bug ou fraude no software que roda nos computadores do TSE para somar o resultado final.
É importante ressaltar que este aplicativo não impede (ou detecta) a existência de um software malicioso dentro da urna antes do termino da votação, mas cria mais um mecanismo de verificação para a etapa posterior a esta, que envolve, especialmente, a transmissão dos votos para o TSE e o somatório final dos resultados.
Para isto, seria utilizado apenas um celular e as informações presentes no Boletim de Urna (BU), que é um documento que fica disponível ao público em geral (afixado na porta da seção eleitoral) quando as eleições são encerradas, às 17h.
Vocefiscal
Fonte: Você Fiscal

A partir dos boletins de urna enviados, os computadores do Você Fiscal calculam por amostragem um resultado independente e comparam com o oficial do TSE. Portanto,quanto mais gente participar, mais preciso será o resultado! ;-)Com o aplicativo para celular que será desenvolvido, o eleitor tira uma foto do Boletim de Urna e o envia para o Você Fiscal (ver imagem do protótipo ao lado).
Apoie este projeto! Confira mais informações na página oficial de financiamento coletivo do Você Fiscal
Detalhe: no momento em que escrevo, este projeto já está com mais de 50% de sua meta atingida. Rumo aos 100%!!! ;-)

Diego Aranha

Diego Aranha é professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e coordenou a primeira equipe de investigadores independentes capaz de detectar e explorar vulnerabilidades no software da urna eletrônica em testes controlados organizados pelo Tribunal Superior Eleitoral.
Ele é Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade de Brasília (2005), Mestre (2007) e Doutor (2011) em Ciência da Computação pela Universidade Estadual de Campinas. Foi doutorando visitante por 1 ano na Universidade de Waterloo, Canadá, e Professor Adjunto por pouco mais de 2 anos no Departamento de Ciência da Computação da Universidade de Brasília.

Quer saber mais?!

Confira o hangout (realizado hoje, 26/07/2014) onde o Prof. Diego Aranha passa informações um pouco mais técnicas sobre este projeto, e a respeito da fragilidades das urnas eletrônicas ou das possíveis fraudes que poderiam ocorrer através delas.