06/01/14

HP anuncia PC All in One com Android para o mercado corporativo

Slate 21 roda o Android 4.3 em um processador quad-core da Nvidia, também pode ser usado como monitor e traz pacote office e recursos de gerenciamento e segurança integrados.

A HP está anunciando um novo PC All in One baseado no sistema operacional Android. Voltado ao mercado corporativo, o Slate 21 Pro roda a versão 4.3 do sistema operacional da Google, tem uma tela de 21,5 polegadas com resolução de 1920 x 1080 pixels e chega às lojas (nos EUA) em março, com preço sugerido de US$ 399 incluindo teclado e mouse.
O Slate 21 Pro é o segundo All in One Android da HP, após o Slate 21, que foi lançado no Brasil em outubro passado. É baseado em um processador Nvidia Tegra 4, tem 16 GB de memória interna, 2 GB de RAM e interface Wi-Fi.
A máquina é projetada para o mercado corporativo, e tem uma interface muito similar à que seria encontrada em um smartphone ou tablet Android. A HP espera que, assim como os usuários de dispositivos móveis, os usuários do Slate 21 armazenem a maioria de suas informações “na nuvem”, em serviços como o Box.Net, Google Drive ou soluções corporativas similares.
O armazenamento limitado e a dependência na “nuvem” podem dar a impressão de que o Slate 21 é similar a outras máquinas equipadas com o sistema operacional Chrome OS, também da Google. Mas segundo Pavana Polineni Gadde, uma gerente global de produto na HP, o Slate 21 pode funcionar offline, e o Android dá mais flexibilidade aos usuários que querem recursos mais sofisticados de gerenciamento e segurança. A HP adicionou ao sistema recursos de segurança que dão aos administradores melhor controle sobre as máquinas em um ambiente corporativo.
O Slate 21 vem com o pacote de escritório Kingsoft Office, que é capaz de ler, criar e editar documentos nos formatos do Microsoft Office. A máquina também pode ser usada como um monitor sensível ao toque, e notebooks podem ser conectados a ela através de uma porta HDMI.
Segundo a HP o Slate 21 será lançado mundialmente. Uma versão especial do sistema operacional Android será desenvolvida para o mercado chinês, onde a loja de aplicativos Google Play não está disponível.

Fonte: computerworld.com