15/05/13

Android 5.0 ou 4.3? O que esperar da atualização do sistema Google?


Google I/O acontece amanhã e a expectativa é que um novo Android apareça, seja ele o Android 5.0 Key Lime Pie ou o 4.3 Jelly Bean. Qual, entretanto, é a opção mais provável? O TechTudo tenta antecipar alguns pontos das mudanças no Android que podem ser reveladas.


Até algumas semanas atrás, acreditava-se na primeira opção, o Android 5.0. Falou-se muito, inclusive, que o Google poderia aproveitar o evento para demonstrar o Nexus 5, próximo celular de Android puro da sua linha. Entretanto, ao que tudo indica, o projeto Android Key Lime Pie, como vem sendo chamado o Android 5.0, atrasou, e os desenvolvedores só terão acesso a uma versão atualizada do Jelly Bean, o Android 4.3.
O site Android Police teve acesso a um log do Google que registra utilização do Android 4.3 em aparelhos Nexus 4 e Nexus 7. Os logs de dispositivos poderiam ser falsos, mas responsáveis pelo site garantem que rastrearam os IPs mencionados nos logs e dizem que os endereços são de aparelhos do Google. O build que aparece no código também dá uma boa pista, já que há muitas referências a ele (JWR23B) no blog do Chromium, em comentários de um desenvolvedor da página, provavelmente afiliado ao Google.


Ou seja, o mais provável é mesmo que o sistema operacional atualizado que chegará durante o Google I/O às mãos dos desenvolvedores seja o Android 4.3. Isso quer dizer o quê? Que o Google ainda passará mais um tempinho se dedicando ao Android 4, dando suporte e novos recursos à plataforma, antes de lançar o 5.0, que promete ser uma grande revolução – mais ou menos como o Android 3 em relação ao 2. A tendência é de que ele seja anunciado somente no segundo semestre, e quem sabe, aí sim, com o Nexus 5.
Novidades possíveis no novo Android
Há uma série de recursos que os executivos do Google devem apresentar para o Android no evento. Boa parte deles está relacionada ao Google Play, a loja virtual de conteúdo que o Google disponibiliza para seus usuários. Também há a expectativa de grandes updates para serviços do Google em geral, que podem ser utilizados no smartphone.

O lançamento de um serviço de assinatura de streaming de música, usando moldes do Spotify e do Rdio, por exemplo, é um deles. Além disso, fala-se também de uma grande mudança nos games, com a adição de uma central, semelhante ao Game Center que a Apple oferece no iOS, com jogos multiplayer, perfis e troféus. Seria o Google Play Games.
O Babel, unificador dos serviços de mensagens do Google, como Voice e Talk, é outra presença quase certa, assim como novos recursos no Now, a busca inteligente que é uma espécie de assistente virtual do Android. O Google Play News, com as principais notícias do dia e assinatura de publicações internacionais, também está na lista.
Fonte:Techtudo