03/04/13

Aplicativo Android permite traduzir voz em linguagem de sinais para surdos

Desenvolvido pela ProDeaf, projeto é fruto de um investimento de 500 mil reais feito com financiamento do Sebrae e do CNPQ –, e patrocínio do Grupo Bradesco Seguros


Foi lançado nesta terça (2) o primeiro aplicativo para smartphones capaz de traduzir fala para a língua brasileira de sinais - Libras. Desenvolvido pela companhia pernambucana ProDeaf, o projeto é fruto de um investimento de 500 mil reais feito pelo ProDeaf – com financiamento do Sebrae e do CNPQ –, e do patrocínio do Grupo Bradesco Seguros.
De acordo com o CEO do ProDeaf, João Paulo Oliveira, o desenvolvimento do aplicativo levou 2 anos e envolveu 12 profissionais, incluindo designer, intérpretes, linguistas e programadores. O projeto contou ainda com a participação de colaboradores surdos das empresas do Grupo Bradesco Seguros. “A comunidade surda atuou nos fornecendo feedback para chegássemos a este resultado”, explica, lembrando que as primeiras versões do aplicativo não agradaram aos avaliadores surdos. “Os feedbacks nos ajudaram a melhorar o produto até chegarmos à versão que colocamos no mercado”.
O ProDeaf Móvel chega ao mercado para a plataforma Android. Nos próximos meses, haverá iOS e Windows Phone . A versão atual está disponível no Google Play ou no site da companhia. “Os custos operacionais da distribuição estão sendo subsidiados pelo Grupo Bradesco Seguros, que com isso está levando a tecnologia aos surdos de forma gratuita”, ressalta Oliveira.
O app reconhece a voz do usuário e traduz para Libras, executada por um personagem na tela do celular. Para isso, usa como base um dicionário de cerca de 3,7 mil sinais. Está nos planos do ProDeaf o aumento do número de sinais e a regionalização de sua base, permitindo o uso de sinais específicos de regiões do Brasil. 
Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem no Brasil 10 milhões de surdos, e, deste total, 2,7 milhões não conhecem a língua portuguesa. 
A expectativa é que sejam realizados 30 mil downloads no primeiro mês. O executivo lembra que o ProDeaf – que já fornece ferramentas para tradução do conteúdo de sites para Libras – ainda deve investir muito em pesquisa, principalmente na área de reconhecimento de sinais. “Em alguns anos planejamos publicar ferramentas que permitam a comunicação com surdos em 2 vias, traduzindo português para Libras e Libras para português”, afirma Oliveira.
Fonte: IDGNOW