Acesse nosso canal !

Fique por dentro do mundo com teste, reviews, dicas, programas, jogos e muito mais.

Saiba se realmente vale a pena.

Veja nossa opinião sobre o recurso no seu Android.

23/10/14

Como instalar o XPOSED Framework? Para que serve?



Xposed é uma estrutura para módulos que podem alterar o comportamento do sistema e aplicativos, sem tocar em qualquer APKs. Isso é ótimo, pois significa que os módulos podem funcionar para versões diferentes e até mesmo ROMs sem quaisquer alterações (desde que o código original não foi muito alterado). É também é fácil de desfazer. Como todas as mudanças são feitas na memória, você só precisa desativar o módulo e reinicie para ter o sistema original de volta. É bom ou não é? rs, instale só assistir o vídeo abaixo :)





Requisitos:


1 - Primeiramente, você deve fazer o root do seu aparelho para continuar seguindo este tutorial. 
2 - Acesse as configurações do seu aparelho, ativa a opção "Opções de desenvolvedor" e marque a caixa "Fontes desconhecidas";
3 - Baixe e instale o Xposed Installer APK (Basta acessar o APK baixado e tentar abri-lo).
4 - Acesse o aplicativo instalado (Instalador do Xposed) e clique em "Install/Update".
Pronto, Xposed instalado!

Caso queira instalar um módulo qualquer, vá até "Módulos" e pesquise como preferir; acesse o módulo desejado e clique em instalar a versão desejada.




21/10/14

Veja os nomes e logos que a Google "rejeitou" para Android L

Google acabou de lançar oficialmente o Android Lollipop, mas enquanto o novo SO estava em fase de testes, ele era chamado apenas de “Android L”. A desenvolvedora fez muito mistério acerca do nome final e até publicou esse vídeo para deixar todo mundo ainda mais intrigado com o assunto. Por conta disso, o pessoal do AnDevCon resolveu fazer uma brincadeira com as possibilidades que a Google tinha na mão para o Android 5.0.
Você vai conhecer então as logos e nomes que a Google "rejeitou" como alternativas ao Lollipop. Claro que nada disso esteve de fato em consideração pela criadora do Robô, não passando de uma brincadeira. De qualquer forma, vale a pena se divertir um pouco com as “possibilidades”.

1. Lemon Drop

Lemon Drop era uma possiblidade que poderia nomear o Android 5.0, mas nunca seria usada por se tratar de um doce muito underground e muito associado a bebidas alcoólicas destiladas, com as quais ele supostamente combina muito bem.

2. Lava Cake

Lava Cake (Petit Gateau) foi uma das possibilidades mais consideradas pelos rumores antes de muita gente ter dado como certa a escolha de Lemon Meringue Pie. Mas a verdade é que o nome não é muito bom mesmo.

3. Lemon Meringue Pie

Lemon Meringue Pie (prima da torta de limão), como já detalhamos, era a favorita dos vazadores de informações. Até poucos dias antes do lançamento oficial do novo Android, essa era a alternativa mais provável. Acabou sendo aquela que não foi.

4. Licorice

Licorice (alcaçuz) poderia ser um ótimo nome, mas parece que a Google quis reservar o doce para a letra “T” de Twizzlers, uma marca famosa no exterior por vender o tal doce.

5. Lima Bean

Lima Bean seria uma opção mais saudável para nomear o novo Android. Acabou não se concretizando justamente por isso.

6. Lady Finger

Lady Finger poderia ser uma boa alternativa, mas parece que a Google não estava a fim de usar um doce “sexista”.
***
Mais uma vez, essas imagens e suas descrições são uma mera brincadeira sobre as possibilidades que poderiam nomear o Android 5.0.
Fonte:Tecmundo




Liberada pelo Google versão completa do SDK para o novo Android 5.0


São paulo - O Google liberou, nesta última sexta-feira, o acesso à versão completa do kit de desenvolvimento de software (SDK) do novo Android 5.0 Lollipop. O anúncio foi feito no blog de desenvolvedores do sistema operacional, quase quatro meses após a empresa disponibilizar o primeiro Android L Developer Preview, no Google I/O.
O SDK traz como principais novidades os temas e as APIs do Material Design introduzido pela empresa na edição mais recente do SO. Explicada pelo Google em um manual bem completo lançado em junho, a reforma na interface vem acompanhada de um novo sistema de notificações – que pode ser implementado nos novos apps – e das ferramentas Project Volta e Battery Historian, para checar o uso de bateria pelas aplicações.
O Lollipop também transforma o ART no runtime padrão dos programas, deixando definitivamente de lado o velho Dalvik usado até o Android 4.4. O ambiente promete melhor desempenho na execução de aplicativos ao aliar o método de compilação just-in-time (JIT) com interpretação de código e o processo ahead-of-time (AOT), que compila a linguagem de programação em código de máquina nativo, executado diretamente pela CPU do aparelho.
Fora isso, o novo runtime tem melhor aproveitamento de bateria e traz suporte a processadores 64-bit (como o Tegra K1 do Nexus 9), algo também incluído no SDK. Uma parcela considerável de aplicativos desenvolvidos com o Dalvik em mente não deve ter problemas com o ART, mas o Google ressalta que algumas funções do antigo sistema não funcionam no novo – e por isso é recomendável testar para ter certeza.
Por fim, o kit de desenvolvimento ainda deixa os criadores de aplicativos aproveitarem o OpenGL ES 3.1 e o Android Extension Pack nos games e programas mais pesados. Este segundo item, aliás, é um “pacote de extensão com interfaces em Java e suporte a funcionalidades gráficas avançadas”, como tesselação e shaders de geometria (“geometric shaders”, relacionados ao sombreamento).
Atualizações
Além do SDK para o Lollipop, o Google atualizou as imagens do Android que desenvolvedores podem instalar nos Nexus 5 e 7, na set-top box ADT-1 e no emulador do SO. Dada a proximidade com o lançamento oficial do Lollipop, essas versões já devem estar bem perto do que será a definitiva do sistema operacional.
O “manual de instruções” do Material Design também recebeu novas informações, naquela que foi considerada por Matias Duante, VP de design do Google, a primeira atualização significativa das especificações. Elas podem ser conferidas na íntegra aqui.
O Android 5.0 Lollipop chega ao mercado logo no começo de novembro, junto do smartphone Nexus 6 e do tablet Nexus 9 – que sai logo no dia 3 nos EUA. Então, se você desenvolve apps, mas ainda não conseguiu testá-los no novo sistema, é bom não perder tempo. E caso precise de ajuda na instalação da versão para desenvolvedores.
Fonte: Exame.com




19/10/14

Incrível! Manual do Mundo, ensina a fazer imagens microscópicas com seu smartphone.

Pessoal, achei tão interessante que tive que postar aqui para vocês, os resultados são simplesmente incríveis e vale apena compartilhar com vocês, e o melhor ainda é o custo que se você tiver um cdrom velho o custo vai à zero.
 




15/10/14

Confira o maravilhoso Nexus 6 da Motorola, Oficial.

  Agora é o dia 15/10/2014 . Após rumores, especulações, muitas afirmações e debate o Nexus 6 é agora oficial . O smartphone final com Pure Android chegou; e desta vez Motorola foi contratado para produzir e, portanto, o Nexus 6 apresenta algumas características de gama "Moto" da Motorola .
6 Governo Nexus Google Nexus 6 é oficial
  Novo terminal da Google teve rumores e comentários sobre o tamanho da tela eo nome definitivo da nova versão do Android, que vai finalmente ser Android 5.0 L Lollipop .Surpreendentemente, o tamanho da tela de 5,96 polegadas , ao contrário de seu antecessor, o Nexus maio com 4,95 polegadas. Este detalhe pode ser decisivo para alguns usuários, pois este é um phablet e nem todo mundo opta por este tamanho de tela.

Especificações Nexus 6

  • Resolução da tela QuadHD 5,96 polegadas (2560 × 1440 pixels, 498 ppi)
  • Procesador Qualcomm Snapdragon 805
  • RAM de 3GB
  • GPU Adreno 420
  • 13MP câmera traseira ea capacidade de gravar vídeo em 4K com anel de flash
  • Câmera 2MP frontal
  • 32GB ou 64GB de armazenamento interno
  • Bateria 3220mAh
  • Conectividad 4G / LTE, Wi-Fi, NFC, GPS, Bluetooth
  • Lollipop Android (5.0)
  • Sensor acelerômetro, barômetro, bússola, giroscópio, sensor de luz e proximidade pedômetro
  Podemos ver que o novo smartphone do Google, Nexus 6 apresenta as características de uma características topo de gama. 's do Google fizeram o salto para os 2K exibe e ter excluído a 16 GB de armazenamento . Sua bateria foi aumentada para 3220 mAh , algo que seu antecessor sofrido. Embora ainda não se sabe se é o suficiente para passar o dia, devido à sua exibição 2K.
  O canal oficial no YouTube do Google  parece que eu postei um vídeo sobre alguns dos Nexus 6 especifiaciones bem como o seu design . O vídeo já tem alguns minutos milhares de reproduções.
Também o seu site site oficial  a informação aparece no terminal. Além disso, há informações sobre o Nexus Jogador Nexus 9 e recentemente anunciou .
E você, que você olha como um 6 polegadas de tela correto tamanho?




13/10/14

Confira novo vídeo do Iphone entortando vs Moto X, Unbox Therapy.


Noticia que os novos IPHONES estão entortando não e nada nova, porém o após o canal UNBOX THERAPY fazer um vídeo demonstrando a "fragilidade" não se fala em outra coisa, só que desta vez ele entortou mais um Iphone 6 PLUS e também um Moto X. Confira o vídeo abaixo.




Motorola já está liberando KitKat para Motorola Razr D1, D3 e HD.




Muitos usuários, de diversos modelos de smartphones e tablets, esperam ainda ansiosamente para a atualização de seus dispositivos para o Android KitKat 4.4.4. Usuários dos aparelhos da Motorola Razr D1, Razr D3 e Razr DH, entretanto, esperavam ainda a atualização para o KitKat 4.4.2, que finalmente foi confirmada pela empresa. Apesar de não ser a versão mais atual do Android, o principal é que essa atualização vem com consertos de bugs importantes, além de boas novidades.
 
No site da Motorola, na parte de ajuda, a empresa lista as novidades que virão com a atualização para o Razr D1 como novo modo de tela cheia, mais segurança, mais ferramentas e funcionalidades para desenvolvimento de aplicativos, melhorias no aplicativo de telefone e nova inteface do gerenciador de cartões de SIM, entre muitas outras. Além de recomendações para quando realizar a atualização com dicas básicas como verificar se o smartphone está com ao menos 50% de bateria e cartão de memória microSD com pelo menos 500 MB de espaço livre. Essas melhorias estarão também presentes nos outros dois modelos.
 
Os usuários dos Razr D1, Razr D3 e Razr HD já estavam esperando por essa atualização desde o final de março, como prometido pela Motorola na época, mas que não aconteceu devido a algumas mudanças nas interfaces desses smartphones, já que são de modelos mais antigos. Para realizar a atualização, quando ela estiver disponível, basta fazer o download automaticamente, e recomenda-se o uso de rede Wi-Fi para isso, e com o uso do Motorola Device Manager.